Noticias de Bandas

Entrevista Banda GLOCK

Banda formada em junho de 2008 em Curitiba, com influências de HC old school, NYHC e Thrash. Busca em seus sons passar de uma maneira simples, a indignação com relação aos governantes, empresários, injustiças e todos os assuntos que estão na cara de todos e que incomodam, porem, fazem questão de não verem. Com um som pesado, agressivo e sem metáforas. Direto !!!

Cena: Vamos começar com o pessoal da banda se apresentando?
Glock: Cássio nos vocais; Andre Luis na guita; Cristiano também na guita; Bruno no baixo e Duda na batera.

 

Cena: Como foi formada a banda, todo pessoal já conhecia ou se conheceram com a formação da banda?

Glock: A formação da banda é um projeto do baterista, a primeira formação com Marcelo no baixo, Cássio no vocal, Daniel na guita e Duda na batera. Nos reunimos para colocar em pratica uma primeira composição do baterista e que o restante foi agregando com o passar do tempo.

 

Cena: Vocês tocaram no Tendência Rock em 2009, com R.D.P, Garotos Podres, Cólera, Inocentes, Replicantes e Zumbis do espaço, Como foi essa experiência?

Glock: Então, a experiência foi excelente, fomos a banda de abertura, com pouco público de início, mas ouvindo a resposta positiva de apoio do público que estava e que foi chegando e realmente demonstraram estar curtindo o som. Tocar com bandas tradicionais e equipamentos top, foi foda. Nosso som estava pesado, alias um dos mais do dia. Tiramos o cover do sepultura (Dead Embrionic Cells), foi animal.

 

 

Cena: O que vocês acham da cena HC de Curitiba?


Glock : Putz,,, a cena…., na verdade não existe cena HC em Curitiba, o que é uma pena pois temos varias bandas boas, mas, a desunião é um ponto fraco, e a desunião das bandas com uma querendo se sobre sair da outra, então, não existe cena é mais ou menos cada um por sí e faça você mesmo.

 

Cena: E os projetos da banda, apresentações, turnês, tem previsão para gravação de cd?


Glock: estamos com novos projetos em termos de som e temos umas novas ideias, deixando o NY e seguindo uma linha mais crossover, com novo baixista, novas composições novos sons e temos a previsão de um show em uma pista de skate com bandas locais.

 

Cena: As letras do Glock são todas em português?


Glock: Todas em português e vamos continuar assim, direto e reto!

 

Cena: Quem compõe as letras e qual a proposta?


Glock: As letras vem do Cássio, mas todos colaboram e são diversificas. A proposta é na linha do Punk/HC que fala de política e amizades com fundamentos de união.

 

Cena: Quais as bandas que influenciam o som e as letras?


Glock: Bandas como Suicidal Tendencies, DRI, Biohazard, Slayer, Sepultura, Dead kennedys, Exploited, RDP, Anthrax, DFC, Mukeka di Rato, entre outras. Bandas que envolvem do punk ao thrash, as letras na verdade são nossa realidade e nossas opiniões com relação as questões em que vivemos.

 

Cena: Fora Curitiba que local vocês curtiram tocar, que a galera mais correspondeu com o som da banda?
Glock: Fora de Ctba tocamos em Santa Catarina, tocamos no River Rock Festival/Indaial e em Floripa 2x,foram rolês bem bacana, a galera curtiu o som e representou. Esse ano fomos para Ponta Grossa e tocamos com a banda dos Brothers de Sampa (Domination/Pantera Cover) que também foi legal!

 

Cena: Para as pessoas que quiserem se corresponder com a banda, trocar idéias, como pode fazer?


Glock: temos nossa fanpage no facebook (Glock Banda), temos o www.myspace.com/glockcwb e agoras temos nosso site www.bandaglock.com onde estaremos sempre atualizando e deixando as informações pra galera.

 

Banda GLOCK
Agradecemos a Cena por nos dar esta oportunidade e continuaremos no role firme e forte!
Valeu rapaziada breve estaremos tocando ai por Colombo!

 

http://www.bandaglock.com/

No comments

Deixe uma resposta